11 contra 11 e no fim já não ganha a Alemanha.

Contem com eles



              São neste momento uma das equipas que melhor futebol pratica a nível mundial, um futebol atraente que transforma espectáculo em resultados, graças a António Conte, o Chelsea é neste momento uma equipa compacta e dinâmica em campo.
             Para que isto acontecesse Conte modificou a forma de jogar do Chelsea e alterou o sistema tático das épocas anteriores (4-2-3-1) para um 3-4-3 tão bem conhecido das suas equipas, um sistema tático que pode ser muito eficaz se for bem executado como é o caso do Chelsea desta época.
           Este sistema tático assenta em 3 centrais com perfeito entendimento entre eles com dois médios laterais que se transformam em extremos a atacar e em dois laterais e se alguém pensava que  Moses e Alonso não eram os homens indicados para estas posições, as suas recentes exibições têm provado o contrário ,sendo incansáveis quer ofensivamente quer defensivamente e para estas coesão da equipa em muito contribuem os dois monstros do meio campo – Matic e Kante – que funcionam como autênticos relógios suiços tal é a precisão das suas acções. E o que dizer das exibições do tridente ofensivo que o ano passado não conseguiram demonstrar todo o seu potencial com Conte tem jogado melhor do que alguma vez jogaram porque têm liberdade total para criar algo que não acontecia nas épocas transatas,quer por falta da intensidade que punham no seu jogo quer pelo tempo que perdiam em alguns momentos em defender não lhes sendo dado opurtonidadede brilhar de forma mais regular nas ações ofensivas.
             Conte diferenciou-se no facto de ter posto os jogadores a jogar da forma que pretende e onde vê que eles podem render e com esta opção o Chelsea ganhou um coletivo forte que não tinha na época anterior onde parecia perdido em campo em bastantes momentos do seu jogo.
           Se continuar a jogar deste forma o Chelsea apresenta como um forte candidato à vitoria da Premier League pois é a par do Liverpool a equipa a jogar melhor futebol em Inglaterra e isso deve o a Conte e à forma como este foi capaz de convencer Kanté a juntar-se à sua equipa e ser a peça que faltava na forma de jogar do Chelsea de Antonio Conte.

Comentários