11 contra 11 e no fim já não ganha a Alemanha.

Jorge Sampaoli



            Foi o Sevilha que acabou com a série de 40 jogos seguidos sem perder do Real Madrid. Este feito aconteceu após uma reviravolta no marcador por parte do clube andaluz que lhe permitiu vencer por duas bolas a uma.
           O Sevilha tornou se uma equipa diferente desde a chegada de Sampaoli - no início desta época - sendo neste momento uma equipa que pratica um futebol mais apoiado, com passes curtos e com variações de flancos constantes que permitem à equipa ter mais posse de bola. Esta nova abordagem de Sampaoli faz com que o Sevilha controlasse o ritmo de jogo durante a maior parte do encontro e com que esperar pelo momento oportuno para visar as redes adversarias.
           Sampaoli juntamente com o seu director desportivo contratou um leque de jogadores que permitiu ao Sevilha ter um plantel com varias soluções para cada posição o que permite alterar o plano de jogo consoante o jogo assim o exija.
           Sendo conhecido por ser um treinador metódico e que estuda as equipas adversárias com afinco não é de estranhar a utilização de diferentes sistemas tácticos por Sampaoli tendo usado nesta temporada o 5-3-2, o 3-4-3,o 4-3-3 e o 4-4-2 sendo por isso difícil para os adversários descobrir qual o sistema táctico que o Sevilha vai usar nesse jogo.
           Além disso Jorge Sampaoli é também em quem os jogadores confiam e por quem dão tudo em campo, isso fica provado com as várias reviravoltas que o Sevilha já conseguiu esta temporada com o seu comando técnico.
           Esta é a primeira experiência europeia de Jorge Sampaoli depois de ter sido campeão americano com o Chile; e não podia estar a correr melhor pois o Sevilha é neste momento segundo colocado da liga espanhola e garantiu a qualificação para os oitavos de final para a liga dos campeões.

Comentários