11 contra 11 e no fim já não ganha a Alemanha.

A Alemanha de 2014.



   O mundial de 2014 foi ganho pela Alemanha que assim voltou a ser a selecção dominante depois de muitos anos afastada dos títulos. Em grande parte isto deve-se ao facto de a maior parte da equipa jogar na Alemanha e estar familiarizada a um futebol apoiado e com passes longos facilitando a vida ao seu seleccionador pois assim conseguiu com grande agilidade por a equipa a jogar como queria.
   A qualidade dos jogadores também facilitava os jogos a seu favor e ao contrário do passado recente a selecção alemã funcionou como equipa.
Fig.1.Equipa inicial da Alemanha no Mundial de 2014
    No processo ofensivo a Alemanha começava o seu jogo ofensivo pelos pés de Khedira ou de Schweinsteiger permitindo a Müller e a Özil que abrissem nos flancos para poderem dar profundidade à equipa quando esta tinha bola. Quando não era possível à equipa esticar o jogo rapidamente a equipa jogava um futebol apoiado com Kroos a comandar as operações com Özil a jogarem mais nas zona central para que fosse possível à equipa jogar mais junta e poder recorrer à troca de bola através de passes mais curtos pois os seus laterais não subiam muito no terreno o que fazia com que em vez de mudanças rápidas do flanco de jogo a Alemanha quando não tinha linha de passe curto jogava nos homens mais recuados para que os adversários subissem no terreno e assim pudessem explorar a profundidade nas costas da defensiva adversária que Müller e Klose davam à equipa.

Fig.2.Processo Ofensivo da Alemanha no jogo contra o Brasil no Mundial 2014


    No processo defensivo a equipa descia as linhas, com Müller e Özil a jogarem em linha com dois dos três médios da equipa enquanto o terceiro desses médios a subir no terreno para pressionar a equipa adversária perto de Klose dificultando a vida aos defesas e ao médio mais recuado que tinham dificuldade em sair a jogar pois as linhas de passe mais curto estavam tapadas por os jogadores mais adiantados e do meio campo da Alemanha. A linha defensiva por seu turno jogava subida perto da linha de quatro formado pelos extremos e pelos dois médios para impedir a equipa adversária de continuar a progredir no terreno caso passasse a primeira linha de pressão da Alemanha.
   Como a Alemanha dificultava a saída de bola pelo chão as equipas viam-se obrigadas a recorrer a um estilo de jogo mais direto recorrendo a bola aéreas longas para frente de ataque que eram facilmente anuláveis pela Alemanha que tinha uma equipa muito alta que controlava este tipo de jogo com facilidade.



Fig.3.Processo Defensivo da Alemanha no jogo contra o Brasil no Mundial 2014


    Esta geração da Alemanha já tinha chegado a uma final de um Europeu e a umas meias-finais de um Mundial e finalmente em 2014 conseguiu voltar a levar o título de campeã mundial para a Alemanha.
   A grande diferença esteve na chegada de Guardiola ao Bayern que adotou um estilo de jogo que se focava em passes curtos o mesmo que Löw queria implementar na selecção mas que ainda tinha conseguido na totalidade pois tinha pouco tempo de trabalho por ano com o s jogadores, a chegada de Guardiola facilitou esse trabalho e levou a Alemanha finalmente ao título.

Comentários