Merecias mais Patrício.

Assim fica difícil.

    O Porto empatou a uma bola na Madeira frente ao Marítimo e complicou as contas pelo título podendo ficar a 5 pontos se o Benfica ganhar hoje ao Rio Ave em Vila do Conde.
    O Porto tem perdido muitos pontos em empates com equipas com objetivos bem diferente dos seus, sendo os mais surpreendentes foram o empate frente ao Paços de Ferreira e frente ao Feirense.
     O maior problema tem sido a falta de ideias do Porto nos momentos decisivos pois não consegue ultrapassar a barreira defensiva criada pelo adversário optando por um jogo mais direto o que obriga a adaptações pois por norma os extremos do Porto são jogadores que gostam de jogar numa zona mais central do terreno do que junto à linha. O outro problema é que vive muito das individualidades dos seus melhores jogadores que estas equipas têm anulado com qualidade.
   É incompreensível como Nuno Espirito Santo não aposta mais no jogo pelos corredores apresentado muitas vezes só um extremo puro em campo optando por um jogo mais central e que deixa as equipas que jogam contra o Porto mais confortáveis pois têm mais homens na zona central do terreno e conseguem anular mais facilmente a qualidade individual dos jogadores do Porto.

     Apesar dos muitos casos de arbitragem que esta Liga teve o Porto tinha obrigação de vencer alguns jogos onde perdeu pontos pois investiu muito mais que as equipas contra quem desiludiu, além disso o Porto não pode ir jogar à Luz contra o Benfica com o objetivo de pontuar, uma equipa como o Porto tem de jogar sempre para ganhar e não pode ter medo de qualquer adversário foi assim que Vítor Pereira, André Villas-Boas e José Mourinho foram campeões, Nuno devia ter seguido os seus exemplos e ter sido mais destemido em alguns momentos e se isso tivesse acontecido o Porto não teria as contas do título tão complicadas.

Comentários