“CALMA, QUE ELE VAI ESTAR LÁ!”

Ronaldo foi rei em Madrid.

  O jogo entre o Real Madrid e o Atlético de Madrid veio dar razão a quem dizia que Cristiano Ronaldo ainda não estava acabado, que grande jogo por parte do internacional português que com o hat-trick na primeira mão da meia-final da Liga dos Campeões ajudou o Real Madrid a ficar mais próximo da final e da conquista da sua 12ª Liga dos Campeões.
   Ronaldo mostrou que apesar dos 32 anos de idade continua a ser o jogador mais influente do Real Madrid como provam os 5 golos marcados ao Bayern de Munique nos quartos de final e os 3 que marcou ontem contra o Atlético de Madrid golos que têm sido determinantes para o Real poder sonhar em ganhar o Campeonato e a Liga dos Campeões na mesma temporada.
   Além destes últimos golos Ronaldo também tem feito várias assistências ao longo da época e continua a consolidar o seu estatuto de jogador com mais golos no Real Madrid e nas competições europeias.
    Apesar disto os adeptos continuam a criticar Ronaldo – é mais normal ver adeptos de clubes rivais a criticá-lo e a não admitir que estamos na presença de um dos melhores jogadores de sempre; mas é estranho e triste quando são os adeptos do próprio clube assobiam Cristiano Ronaldo e a criticá-lo, algo só possível de ser feito pelos adeptos do Real Madrid.

   O meu conselho é que admirem Cristiano Ronaldo enquanto ele é jogador do clube e que o aplaudam e lhe deem apoio quando as coisas correm bem pois têm de ser capazes de perceber que foi graças a Ronaldo que obtiveram muitos dos títulos dos últimos anos. Era boa altura para enaltecer Ronaldo e para o manter feliz pois ele já não caminha para novo e a sua paciência para com os adeptos do Real pode esgotar-se; se Ronaldo sair do Real, é o clube que fica a perder com a saída e não o contrário.

Comentários