A magia da unidade de treino!

Merece outros voos.


   Pedro Martins mostrou mais uma vez na época 2016/2017 o porquê de já ser um dos grandes treinadores portugueses.
    Devolveu o estatuto de quarto grande ao Vitória de Guimarães e ainda o levou à final da Taça de Portugal.
    É um treinador que sabe o que quer das suas equipas e consegue trabalhar com elas da forma que pretende para tirar o melhor delas.
   Um homem sério, calmo e que subiu a pulso na carreira e é neste momento um dos nomes emergentes no panorama nacional.
    Não foi só no Vitória que Pedro Martins cumpriu os objetivos que se propôs. Já tinha levado o Marítimo, o Rio Ave a classificações que permitissem às equipas irem à liga Europa nas épocas seguintes.
    Prova da sua qualidade foi a forma como abordou o mercado de transferências no início da época de 2016/2017 tendo contratado por empréstimo de Marega e Hernâni que foram peças importantíssimas ao longo da época.
   Além dos empréstimos cirúrgicos que fez, contratou alguns dos melhores jogadores a atuar em Portugal a título definitivo e que podiam ajudar a equipa em certas posições como foi o caso de Soares, Sturgeon e João Aurélio.
    Outra aposta de Pedro Martins foi em jogadores que já conhecia e em confiava como foi o caso de Prince, de Rafael Miranda e Rúben Ferreira.
  Conseguiu também ganhar dinheiro com Soares que após uma primeira metade da época em Guimarães foi contratado pelo Porto o que permitiu um bom encaixe financeiro ao Vitória que acabou por conseguir colmatar a sua saída.
    Pedro Martins tem muitos interessados em contar com os seus serviços para esta temporada sendo por isso cedo para dizer que equipa vai orientar em 2017/2018.
   Tem tudo para treinar um grande clube no futuro e conseguir grandes feitos, um exemplo a seguir sem dúvida alguma.



Comentários