11 contra 11 e no fim já não ganha a Alemanha.

Resumo dos jogos de segunda e terça-feira da Liga Portuguesa.


Segunda-feira realizaram três jogos da Liga Portuguesa, o primeiro foi entre o Portimonense e o Boavista com o Portimonense a vencer o encontro por duas bolas a uma, este encontro contou com uma reviravolta no marcador pois foi o Boavista a inaugurar o marcador.
O grande destaque deste jogo vai para Vítor Oliveira que conseguiu o primeiro triunfo no seu regresso à Liga Portuguesa depois de várias subidas na Segunda Liga nunca assumiu um clube na Liga Portuguesa até esta temporada em que aceitou o desafio do Portimonense e mesmo sem contratar muita gente parece que tem equipa para lutar pela manutenção.
No segundo jogo do dia o Feirense, uma das equipas revelação da última temporada, empatou a uma bola com o Tondela num jogo onde o Tondela marcou primeiro através de uma autogolo de Cris, o que obrigou a equipa orientada por Nuno Manta a correr atrás do resultado, o que aconteceu com sucesso pois conseguiu o empate, faltando depois pernas a ambas as equipas para tentar vencer o jogo.
No terceiro e último jogo da noite o Rio Ave recebeu e venceu o Belenenses por uma bola a zero com o golo dos vila-condenses a ser marcado por Francisco Geraldes na marcação de um livre. Este jogo foi a estreia de Miguel Cardoso à frente do Rio Ave e mostrou que o treinador pretende continuar a praticar bom futebol que começou sob o comando de Luís Castro, isso ficou provado na forma de jogar do clube que até a saída do guarda-redes tenta fazer através de passe curto.

Além dos jogos de segunda-feira também houve um jogo da Liga Portuguesa na terça-feira entre o Marítimo e o Paços de Ferreira com a equipa maritimista a vencer o encontro por uma bola a zero e a demonstrar mais uma vez a segurança que apresenta a jogar em casa.

Comentários