“CALMA, QUE ELE VAI ESTAR LÁ!”

Sem medo do adversário.


   O Rio Ave empatou em casa a uma bola com o Benfica.
   Num jogo em que até esteve em vantagem a equipa de Vila do Conde é a primeira a tirar pontos a um dos três grandes.
   Foi com enorme agrado que constatei que o Rio Ave se manteve fiel ao seu estilo de jogo e não teve medo de jogar olhos nos olhos com o tetracampeão português.
  O Rio Ave não teve medo de sair a jogar curto, com os seus defesas a trocarem a bola entre si e a usar Cássio como apoio quando fosse necessário para que conseguissem chegar perto da baliza do Benfica com qualidade.
   É fascinante ver como nenhum jogador da equipa do Rio Ave se esconde do jogo, aliás é normal ver que nos jogos do Rio Ave quando um jogador vila-condense tem a bola há sempre uma linha de passe para que a equipa continue com a bola.
   O Rio Ave teve mais posse de bola que o Benfica quando o expectável era o contrário pois o normal nos jogos do Benfica para a Liga Portuguesa é que seja o Benfica a ter mais posse.
   Além de saber o que fazer com a bola em seu poder o Rio Ave provou ontem mais uma vez que também defende muito bem e mais importante é que toda a gente defende e há muita entreajuda entre os jogadores.

   Mérito para o Miguel Cardoso e para os seus jogadores pela forma como jogam a bola e por se   manterem fiéis a um estilo de jogo independentemente do adversário.

Comentários