“CALMA, QUE ELE VAI ESTAR LÁ!”

Continua a jogar bem o Watford.


   O Watford perdeu com o Chelsea por 4 a 2.
  Num jogo em que ambas as equipas estiveram a ganhar, a sorte acabou por sorrir aos atuais campeões ingleses.
   No entanto tenho de salientar a exibição da equipa de Marco Silva que mostrou o porque de ser uma das melhores equipas da Premier League e mesmo não tendo um orçamento dos mais altos consegue disputar o jogo com qualquer adversário.
  O Watford é dentro de campo um espelho do seu treinador, uma equipa organizada, sem medo de pressionar alto e sem medo de ter a bola.
  O jogo de hoje foi mais uma prova disso, o Chelsea começou a ganhar, mas os jogadores do Watford nunca pareceram nervosos com isso antes pelo contrário seguiram o plano que Marco Silva tinha para o jogo e pressionaram a saída de bola do Chelsea obrigando os defesas a recorrer a passes diretos para Morata que se tornou uma “presa” fácil para a defesa do Watford, conseguindo com justiça chegar ao empate no tempo de compensação da primeira parte.
  A segunda parte começou da mesma forma que acabou a primeira, com o Watford a impedir os criativos dos Chelsea de ter bola e passou a dominar no meio campo onde Doucouré foi “gigante” ganhando todas as bolas divididas.
  E foi graças a este domínio que o Watford chegou à vantagem só perdendo este jogo devido às substituições feitas por António Conte, que conseguiu mexer bem na equipa e acertar em cheio na entrada de Batshuayi que fez dois golos.

  Mesmo perdendo este jogo o Watford está a ser a equipa sensação do campeonato, tendo empatado com o Liverpool e ganho ao Arsenal, ocupando o 5º lugar. Muito deste sucesso se deve a Marco Silva que de forma calma e serena consegue transmitir as suas ideias aos jogadores que confiam nessas ideias.

Comentários