A magia da unidade de treino!

IS W(h)ATFORD IN YOUR MIND?



Anunciada recentemente a saída de Marco Silva do comando técnico do Watford, depois de 11 jogos, dos quais obteve apenas 1 vitória, ocupando atualmente a 10ª posição da Premier League. A justificação dos “The Hornets” para esta rescisão, foi que o técnico Português perdeu o foco desde o interesse do Everton, dizendo mesmo no seu site oficial que “…não fosse o interesse pela abordagem injustificada de um rival da Premier League pelos seus serviços, continuaríamos a prosperar sob a sua liderança”.
            
Bem a justificação pode não convencer a toda a gente, pois como o técnico referiu no inicio da temporada, o principal objetivo do Watford, assim como de vários outros clubes no principal campeonato Inglês é a luta pela manutenção, e como tal Marco Silva deixou o clube, como já referido anteriormente, no 10º lugar e a 4 pontos da primeira equipa em posições de descida, mais propriamente o Southampton. Olhando para o plantel dos “The Hornets” e comparando-o com o de vários clubes abaixo deles na tabela classificativa, vemos que em alguns casos não é superior, como por exemplo o West Ham que tem os mesmos pontos, mas claramente um plantel para muito mais.

Outro fator relevante é que Marco Silva há várias semanas que tem um alargado numero de ausências, no caso da última jornada foram 9 os indisponíveis, sendo que algumas delas de peso como é o caso de Younes Kaboul, Nathaniel Chalobah, Kiko, e mais recentemente Tom Cleverley. Com tantas ausências o trabalho do Português ficou muito dificultado, principalmente na Melhor Liga do Mundo, para um clube que com a dimensão do Watford não é nada fácil.
            
Por todos estes fatores será que foi a melhor opção despedir Marco Silva? Terá sido justo?

            
A melhor opção não sei, mas o futebol não é justo, e acredito piamente que Marco Silva vai ter um futuro fantástico como treinador, pois a sua qualidade é óbvia, e não iram faltar propostas de trabalho, e num futuro próximo irá dar muito que falar pela positiva. Quanto ao Watford veremos se no final de contas não se irá arrepender.

Texto escrito por Rui Costa.

Comentários